Feeds:
Posts
Comentários

Archive for the ‘Vinhos’ Category

Olá pessoal, sejam todos muito bem-vindos ao novo projeto aqui do sr. Pimenta. A ideia que  estava engavetada desde o inicio do Blog finalmente começa a ganhar forma.

Quero através de nossos posts compartilhar com vocês nossos gostos e opiniões sobre vinhos, mas somente os consumidos por este casal. Faremos uma avaliação atécnica e pessoal, sempre levando em conta a relação custo- benefício.

E para começar, que tal experimentarmos um vinho espanhol? Produzido pela Pinord, Vinícola que já recebeu grandes prêmios mundiais e tem alguns de seus vinhos entre os 100 melhores do mundo? 

Clos de Torribas

País de Origem: Espanha
Safra: 2006
Uva: Tempranillo
Percentual alcoolico: 12,36 %vol.
Vinícola: Pinord
Opinião Pimenteiro: Bom
Preço R$ 32,50

Ranking de vinhos - O Pimenteiro  

 Opinião: Um vinho para se saborear lentamente. Clos de Torribas agradou ao casal pimenta, assim que aberta, bebemos a primeira taça e o sabor amadeirado deixado pelo envelhecimento na barrica de carvalho era evidente, mas é o tipo de vinho que precisa respirar (apenas abrir, não precisa ser em decanter). Os primeiros goles deixaram um gosto meio travado na garganta, mas, a partir da segunda taça e dos primeiros minutos deixando Baco em contato com o oxigenio o sabor frutado foi se destacando. Sem duvidas um vinho mais masculino pois Sr. pimenta bebeu 2/3. Vale o preço e a experiência!

Acompanhamento: Este vinho foi degustado com os queijos: Grana Padano, Gruyère e Gouda

Boa degustação!

Sr. Pimenta

 

Read Full Post »

Dentre as várias opções de um encontro mais intimista em uma noite qualquer de nossas vidas, a opção de queijos e vinhos está entre as mais simples e gostosas de se produzir.

Queijos e vinhos conseguem transmitir aroma de sedução, variados sabores e um picante calor ao casal.

Então, não importa se este é o seu primeiro encontro, se você está casado há poucos ou vários anos, se tem alguma ocasião especial a ser comemorada ou se é mais um dia simples de sua vida! Que tal sair um pouco do cotidiano e surpreender seu parceiro ou parceria?

Abaixo, O Pimenteiro descreve uma combinação infalível, simples e de baixo custo. Confira!

Um pouco sobre os queijos:

A não ser que você conheça muito bem o gosto do seu par não recomendo a escolha de queijos muito singulares, de aromas, custos e gostos muito fortes! O Sucesso da ocasião mais uma vez se encontra na simplicidade, na escolha do leve e gostoso.

Uma seleção de queijos que faz bem ao paladar e não pesa no bolso são os queijos tipo:

Gruyere – Queijo de origem Suíça:

Gouda – Queijo de origem Holandesa:

Estepe – Queijo de origem Russa:

Ementhal – Queijo de origem Suíça:

A quantidade a ser servida, não deve ser pouca para pensar que você está economizando e nem muita para tornar a ocasião enjoativa e fazer com que a sua companhia não queira mais repetir.

Uma boa quantidade para o casal é de aproximadamente 100g de cada tipo de queijo (irá sobrar, mas é melhor assim). Eu basicamente corto um pedaço de cada tipo de queijo no tamanho de um dedo indicador de espessura e dois dedos de largura (tamanho semelhante a imagem do queijo tipo Ementhal exibido acima).

O tamanho dos cubos, não deve  ser grosseiro e novamente o tamanho que recomendo é o equivalente a ponta do dedo indicador.

Pulo do Gato:

1 – Quando você for ao mercado, provavelmente não comprará estes tipos de queijos em quantidades de 100g cada, então, por mais que você faça um investimento de R$ 40,00 ou R$ 50,00 reais para a compra, com certeza eles renderão em torno de 4 porções, o que lhe dará um encontro gostoso a um preço médio de R$ 12,00 em queijos selecionados;

2- Importante: Guarde os queijos na geladeira, embalados em plásticos de freezer individuais e bem fechados! Para não ficar bagunçado, guarde todos em uma embalagem final (Pote ou Plástico ZIP), e não se esqueça de avisar a empregada que esses não são queijos para ralar no macarrão.

3 – Se os queijos ficarem guardados por muito tempo, a tendência é que endureçam, então, antes de consumi-los deixe por 1hr fora da geladeira;

4 – Com os queijos que sobrarem e não forem mais suficientes para um prato de Queijos e Vinhos, a dica é: Fondue de Queijo! (Receita a ser publicada em breve);

Um pouco sobre os acompanhamentos:

 

Aqui dependerá muito da sua criatividade, do gosto do casal, e das opções disponíveis na dispensa ou geladeira! Já consumimos queijos com os mais variados acompanhamentos, mas recomendo:

– Pão Italiano, Torradinhas, Palitos crocantes

– Castanhas do Pará ou Castanha de Caju

– Palmitos ou Pimentas em conserva

Não recomendo: patês, acompanhamentos quentes ou acompanhamentos de intenso sabor que transformariam os queijos em meros coadjuvantes.

Um pouco sobre o vinho:

Definitivamente este é um capitulo a parte, que renderá muitos e muitos posts e que merece todo meu respeito e apreciação.

Então para não arriscar em opções muito arrojadas, mas em algo simples e gostoso, vou citar um coringa, algo que agradará o paladar de ambos, não embriagará demais, nem de menos rsrs;

Cabernet Sauvingon é um dos mais aromáticos, frutado e com um paladar macio e simples de ser degustado! É o tipo de uva mais produzida no mundo, certeza garantida que dentre os vinhos existentes, com a opção de queijos citada acima, será peça-chave na composição do clima.

Existem muitas e muitas marcas de vinho Cabernet Sauvingon, e dependendo do país e clima, o gosto muda significativamente. Porém, é importante saber que o Cabernet tipo ‘Reservado’ é um vinho que em geral não tem afinamento em barrica, muito diferente de um vinho ‘Reserva’!

Todo processo que um Cabernet ‘Reservado’ precisa sofrer para ser bebido  já foi executado pela vinícola e, então, ‘Reservado’ bom, é ‘Reservado’ na taça!

Sobre nosso gosto pessoal, estão os Cabernet Sauvingon do Chile que possuem um sabor diferenciado dos Argentinos e Brasileiros e uma excelente relação custo-benefício.

Uma boa pedida é escolher o vinho ‘Reservado’ da vinícola Concha y Toro do Chile, o preço médio da garrafa é de R$ 17,00 podendo ser encontrado até por preços menores.

Mas não esfrie sua noite se não puder ou não encontrar este vinho em especial. Comece, então, com qualquer vinho seco que te atrair. Vá formando o seu próprio paladar.

Afinal, bons momentos não são luxo, nem marcas, nem valores. São sabores, olhares e amor.

Um abraço,

O Pimenta!

Read Full Post »